#Top5 dos lugares que eu conheço ou vou conhecer

#5 Gold Coast
1

Paraíso dos intercambistas e surfistas brasileiros, a Austrália está em primeiro lugar dentre os países que eu mais quero conhecer. Espero que se realize logo! Estou acertando para estudar lá um mês em janeiro!



#4 Los Angeles

2

La la land machine… A terrinha dos astros sempre despertou meus interesses. Além de abrigar a primeira Disney do mundo, o lugar é palco do cinema mundial, uma das minhas paixões! Conhecer estúdios, participar dos talks shows e andar de limo me sentindo a super star do pedaço está na minha wish list!



#3 Tahiti

3

Desejo que só vou realizar quando estiver de lua de mel. Gente, que lugar paradisíaco é esse? Coisa de outro mundo a água cristalina e esse hotel que deve ser baratééssimo né? $$$. A natureza é coisa de outro mundo mesmo!



#2 Paris

5

Paris é charmosa, linda, e cheirosa. A Torre Eiffel é a coisa mais linda desse planeta, mas só mudaria a estação: Não iria no inverno e sim na primavera! Fazer um piquenique nos jardins floridos e andar as margens do Rio Sena ainda vão me levar de novo a terrinha mais visitada do mundo.



#1 Disney

4

Os parques de Orlando são coisas de outro mundo! Estrutura perfeitas, brinquedos para todos os gostos e adrenalinas, os melhores temas, as comidinhas mais diferentes, e para mim o lugar mais perfeito de todos os tempos. Só de falar meus olhos começam a brilhar e a vontade de juntar a grana para ir também!

O baixo e o papel

 texto sem nome ainda

Eu sempre ajeitei meu cabelo na hora que você caminhava a minha frente no seu andar despojado e exibido. Sempre achei que fosse um pouco de marra, sabe? Você dava três passos para em seguida virar seu pescoço e me olhar nos olhos, enquanto eu dava risada e você sorria emburrado. Costumava ainda, depois da sexta aula, ouvir sua banda tocar e me apaixonar pela voz do vocalista. É, eu sei que você toca baixo, mas a voz dele me faz delirar.

Alias, lembra daquele show que eu fui só para te ver? Acho que foi surpreendente para você. Para mim também foi. E a parte mais engraçada é que eu odeio surpresas. Até para mim mesma. Mas essa eu gostei. Aquele show foi o começo de tudo… Adoro começos concretos. Acho que o joguinho pré-começo-da-nossa-historia me cansa. Me diverte um pouco… Mas eu tinha vontade de te conhecer. Conversar com você. Sentir seus lábios. Sentir você. Pensava (secretamente) como era seu abraço, como era seu sorriso apaixonado (já conhecia o emburrado) e como era ver seus olhos mais de perto. Essas preliminares me faziam dormir um pouco mais tarde a noite. Como uma (pseudo) escritora que sou, desenrolava fatos para a nossa futura história.

Não foi nada de como eu imaginei… Talvez foi melhor assim. Me surpreender de novo. E dessa vez foi melhor… Seu beijo foi melhor do que eu imaginava. Seu abraço também. Seu colo também. Suas conversas. E seu sorriso apaixonado dizendo o primeiro eu te amo. E a primeira musica dedicada. Talvez eu acorde ainda desse sonho maluco de prever o futuro quase incerto. Enquanto isso, fico criando histórias, reinventado uma história de amor… Sabe como é. Eu transformo sonhos em textos. Você em musica. Talvez as duas se cruzem por ai.

Manhã

'dormindo

Sabe, hoje eu sonhei com você. Sonhei que tudo deu certo, e que finalmente eu consegui o que eu queria. Sabe aqueles sonhos em que você sente absolutamente tudo e intensamente? Foi assim.

Ainda não consigo ter certeza se fiquei feliz ou arrependida por essa noite. Conseguia sentir sua respiração com hálito de cigarro misturado com cerveja, e com a camisa do Led Zeppelin que você tanto venera. Consegui ainda, embriagada com o seu hálito, sentir o seu perfume. Era uma mistura de cheiros, sensações que aguçavam meu sentido.

Eu não consigo nem lembrar o que conversamos. O sonho passa rápido nessa parte. Só ouço sua voz distante enquanto concentrava em observar o movimento da sua boca enquanto falava. Foi então, que você me beijou. Nessa parte se passava – para o meu tormento ou alegria – em câmera lenta. Seu hálito estava cada vez mais forte, seu beijo exigente… um beijo tão quente, mas a sua boca era tão refrescante, como pode? Sentia seu abraço, seu perfume novamente, e minha mente se tornava um vazio de pensamentos, que só era preenchido por sua mão acariciando minha nuca. Era um primeiro beijo. E era um pedacinho de nós sendo desfeito ao amanhecer.