Perceptível

perceptivel

 Só as vezes consigo perceber a faixa verde em meio aos seus olhos castanhos. Isso só acontece quando o sol bate nos seus olhos, para logo em seguida você fazer a sua cara de emburrado favorito. Nunca entendi como alguém pudesse amar defeitos. Amar todo um ser… Sempre achei burrice, sempre tive um pé atrás quando o coração começava a bater mais forte. Acho que falar isso para você é como dizer um pleonasmo. Você me conhece como ninguém. Poderia listar todas as minhas qualidades, defeitos, manias, medos, sonhos e todo o resto. E em meio a todo esse conhecimento, você ainda me ama como ninguém. Me entende como ninguém. Em meio a tantos ninguens, você se transformou em tudo. Tomou a pequena parte do meu coração que eu reservava para o amor e expandiu para todo ele. E dessa vez sem sofrimento.

“Definitivo, como tudo o que é simples.

definitivo textro  Nossa dor não advém das coisas vividas,  mas das coisas que foram sonhadas e não se cumpriram. Sofremos por quê? Porque automaticamente esquecemos o que foi desfrutado e passamos a sofrer pelas nossas projeções irrealizadas, por todas as cidades que gostaríamos de ter conhecido ao lado do nosso amor e não conhecemos, por todos os filhos que gostaríamos de ter tido junto e não tivemos,por todos os shows e livros e silêncios que gostaríamos de ter compartilhado,  não compartilhamos. Por todos os beijos cancelados, pela eternidade.

  Sofremos não porque nosso trabalho é desgastante e paga pouco, mas por todas as horas livres que deixamos de ter para ir ao cinema, para conversar com um amigo, para nadar, para namorar.

 Sofremos não porque nossa mãe é impaciente conosco, mas por todos os momentos em que poderíamos estar confidenciando a ela nossas mais profundas angústias se ela estivesse interessada em nos compreender.Sofremos não porque nosso time perdeu, mas pela euforia sufocada.

Sofremos não porque envelhecemos, mas porque o futuro está sendo confiscado de nós, impedindo assim que mil aventuras nos aconteçam, todas aquelas com as quais sonhamos e nunca chegamos a experimentar. Por que sofremos tanto por amor? O certo seria a gente não sofrer, apenas agradecer por termos conhecido uma pessoa tão bacana, que gerou em nós um sentimento intenso e que nos fez companhia por um tempo razoável,um tempo feliz.

Como aliviar a dor do que não foi vivido? A resposta é simples como um verso:

Se iludindo menos e vivendo mais!!!
A cada dia que vivo, mais me convenço de que o desperdício da vida
está no amor que não damos, nas forças que não usamos,
na prudência egoísta que nada arrisca, e que, esquivando-se do
sofrimento,perdemos também a felicidade.”

Carlos Drummond de Andrade

Cem por cento

textocemporcento

Nunca consigo ser cem por cento. Você consegue entender? Ás vezes encho meu peito de orgulho por ser quem eu sou, por ter as minhas convicções tão complicadas de entender, por vestir o que eu visto, por pensar do jeito que eu penso. Passam-se vinte minutos e me perco totalmente as essas afirmações que eram tão nítidas aqui dentro de mim. Começo a até detestar tudo que está no meu guarda roupa… E o pior: Só porque vi algum tweet, foto ou publicação na timeline de alguém no facebook. É tão difícil entender? Não sei se isso é um pouco de mim, ou se é um pouco da adolescência, ser tão cheia de duvidas… E duvidas que não são duvidas, porque apresento-lhe logo a solução: Quero ser um pouquinho de tudo, a todo tempo.

#escrevinaviagem

 Bem… Não aguentei ficar sem escrever! Eu fiz alguns textinhos na viagem, e para vocês diferenciarem e eu lembrar no futuro, a criei. Espero que vocês aprovem! 

12344

Sabe, saber que talvez alguns momentos nunca mais vão ser relembrados me deixa com uma angústia que brota no estômago e vai até o coração. Como por exemplo, mais cedo e eu vi um casal com um estilo despojado e indie desenhando as obras inacabadas de Michelangelo. Se eu não escrevesse isso, provavelmente essa imagem teria se esquecido com o passar do tempo. Ou minha mãe agora apagando-acendendo-apagando-acendendo a luz aqui no quarto. Sei que agora isso possa ser uma vírgula na minha história, mas no futuro eu sei que sentir saudade até desses momentos. Queria poder ter um espaço para tudo: Sons, gestos, olhares, toques, cheiros, manias… Queria me lembrar de todos os pedaços da minha história que se perderam no caminho.