Para os fãs de Harry Potter!

Num dia desses, enquanto navegava no blog tipo 42, me deparei com uma notícia que fez meus olhos brilharem. Sei que muitos leitores, assim como eu, gostam da história – maravilhosa <3  – do Harry Potter, então achei super propício postar sobre aqui. 

O talentosíssimo Werllen Holanda e seus colegas da Zaloom tiverem a melhor ideia de TCC desse planeta: Fazer um livro ilustrado do Harry Potter. A obra escolhida foi da pedra filosofal e o livro inteiro é lindo! Tem ilustrações para todos os lados, cheia de pop ups e sobreposições. A edição é infantil mas eu aposto que os adultos que iriam babar pelo livro (inclusive eu que faria fila para comprar).

Infelizmente, por se tratar de uma obra de conclusão de curso, o livro não está a venda. Ainda bem que dá para acompanhar todos os detalhes pelas fotos:

13 4

Continue lendo “Para os fãs de Harry Potter!”

“Tenho uma alma muito prolixa…

tenho uma alma

… e uso poucas palavras; sou irritável e piro facilmente; também sou muito calma e perdôo logo; não esqueço nunca; mas há poucas coisas de que eu me lembre; sou paciente, mas profundamente colérica, como a maioria dos pacientes; as pessoas nunca me irritam mesmo, certamente porque eu as perdôo de antemão; gosto muito das pessoas por egoísmo: é que elas se parecem no fundo comigo; nunca esqueço uma ofensa, o que é uma verdade, mas como pode ser verdade, se as ofensas saem de minha cabeça como se nunca nela tivessem entrando? Tenho uma paz profunda, somente porque ela é profunda e não pode ser sequer atingida por mim mesmo; se fosse alcançável por mim, eu não teria um minuto de paz; quanto a minha paz superficial, ela é uma alusão à verdadeira paz; outra coisa que esqueci é que há outra alusão em mim – a do mundo grande e aberto; apesar do meu ar duro, sou cheia de muito amor e é isso o que certamente me dá uma grandeza…”

Clarice Lispector

DESALIENE-SE

#vaiprarua

Apesar do meu blog ser pequeno, tenho leitoras assíduas e é impossível não mencionar a história sendo construída agora nas ruas de todo o Brasil. Na era digital, acredito dizer que um vídeo vale muito mais que um discurso fajuto e longo da minha parte. Nós, jovens brasileiros, temos que construir a história, honrar a década passada e usar o nosso poder e disposição para limpar esse país que anda tão sujo. O Brasil tem belezas naturais tão bonitas e desde que se entende por colonização já vem sendo alvo de exploração. Tá mais do que na hora de dizer chega.

“Acho a maior graça…

acho a maior graca

…Tomate previne isso,cebola previne aquilo, chocolate faz bem, chocolate faz mal, um cálice diário de vinho não tem problema, qualquer gole de álcool é nocivo, tome água em abundância, mas não exagere…
Diante desta profusão de descobertas, acho mais seguro não mudar de hábitos.
Sei direitinho o que faz bem e o que faz mal pra minha saúde.
Prazer faz muito bem.
Dormir me deixa 0 km.
Ler um bom livro faz-me sentir novo em folha.
Viajar me deixa tenso antes de embarcar, mas depois rejuvenesço uns cinco anos.
Viagens aéreas não me incham as pernas; incham-me o cérebro, volto cheio de idéias.
Brigar me provoca arritmia cardíaca.
Ver pessoas tendo acessos de estupidez me embrulha o estômago.
Testemunhar gente jogando lata de cerveja pela janela do carro me faz perder toda a fé no ser humano.
E telejornais… os médicos deveriam proibir – como doem!
Caminhar faz bem, dançar faz bem, ficar em silêncio quando uma discussão está pegando fogo, faz muito bem! Você exercita o autocontrole e ainda acorda no outro dia sem se sentir arrependido de nada.
Acordar de manhã arrependido do que disse ou do que fez ontem à noite é prejudicial à saúde! E passar o resto do dia sem coragem para pedir desculpas, pior ainda!
Não pedir perdão pelas nossas mancadas dá câncer, não há tomate ou mussarela que previna.
Ir ao cinema, conseguir um lugar central nas fileiras do fundo, não ter ninguém atrapalhando sua visão, nenhum celular tocando e o filme ser espetacular, uau!
Cinema é melhor pra saúde do que pipoca!
Conversa é melhor do que piada.
Exercício é melhor do que cirurgia.
Humor é melhor do que rancor.
Amigos são melhores do que gente influente.
Economia é melhor do que dívida.
Pergunta é melhor do que dúvida.
Sonhar é melhor do que nada!”

Martha Medeiros

Fotos da semana

Criando uma tag nova! No próximo post vou fazer uma votação para vocês opinarem se continuo ou não com essa tag, combinado? A fotografa de hoje tem um nome beeeem complicado: Rengim Mutevellioglu. Ela é da Turquia, morou em Moscou, e agora vive em Paris. Ela é linda, super estilosa, e conhece o mundo inteiro. Acha pouco? Ela ainda é poliglota. Super fofa, diz que a visão que tira para as fotos é a mesma de uma criança de treze. Confiram:

3

15

16

14

13

2

6

“Você está sozinho. Você e a torcida do Flamengo…

vc esta sozinha

…em frente a tevê, devora dois pacotes de Doritos enquanto espera o telefone tocar. Bem que podia ser hoje, bem que podia ser agora, um amor novinho em folha.

Trimmm! É sua mãe, quem mais poderia ser? Amor nenhum faz chamadas por telepatia. Amor não atende com hora marcada. Ele pode chegar antes do esperado e encontrar você numa fase galinha, sem disposição para relacionamentos sérios. Ele passa batido e você nem aí. Ou pode chegar tarde demais e encontrar você desiludido da vida, desconfiado, cheio de olheiras. O amor dá meia-volta, volver. Por que o amor nunca chega na hora certa?

Agora, por exemplo, que você está de banho tomado e camisa jeans. Agora que você está empregado, lavou o carro e está com grana para um cinema. Agora que você pintou o apartamento, ganhou um porta-retrato e começou a gostar de jazz. Agora que você está com o coração às moscas e morrendo de frio.

O amor aparece quando menos se espera e de onde menos se imagina. Você passa uma festa inteira hipnotizado por alguém que nem lhe enxerga, e mal repara em outro alguém que só tem olhos pra você. Ou então fica arrasado porque não foi pra praia no final de semana. Toda a sua turma está lá, azarando-se uns aos outros. Sentindo-se um ET perdido na cidade grande, você busca refúgio numa locadora de vídeo, sem prever que ali mesmo, na locadora, irá encontrar a pessoa que dará sentido a sua vida. O amor é que nem tesourinha de unhas, nunca está onde a gente pensa.

O jeito é direcionar o radar para norte, sul, leste e oeste. Seu amor pode estar no corredor de um supermercado, pode estar impaciente na fila de um banco, pode estar pechinchando numa livraria, pode estar cantarolando sozinho dentro de um carro. Pode estar aqui mesmo, no computador, dando o maior mole. O amor está em todos os lugares, você que não procura direito.

A primeira lição está dada: o amor é onipresente. Agora a segunda: mas é imprevisível. Jamais espere ouvir “eu te amo” num jantar à luz de velas, no dia dos namorados. Ou receber flores logo após a primeira transa. O amor odeia clichês. Você vai ouvir “eu te amo” numa terça-feira, às quatro da tarde, depois de uma discussão, e as flores vão chegar no dia que você tirar carteira de motorista, depois de aprovado no teste de baliza. Idealizar é sofrer. Amar é surpreender.”

Martha Medeiros