De mudança

 2'

Fiz as malas. Coloquei só o essencial e descobri que não precisava carregar quase nada. Peguei o caderno com o restinho de papel que havia sobrado, uma caneta, algumas fotos e coloquei tudo em uma mala. Parti pro desconhecido. A unica certeza seria o rumo. Nenhum. Tinha o mais importante: Meu coração e minha mente. Decidi sair. Sair de tudo, de algo, de alguém. Decidi sair de mim. Decidi me livrar dos meus problemas e limpar todo o terreno, eliminando todas as possibilidades de “e se” que houvesse lá dentro. Me livrei de amigos ausentes. De gente invejosa. Do chefe que enche o saco. De toda a sociedade que prega uma verdade que não existe. Decidi, naquele instante em que a mudança consegue prevalecer na tradição, pensar por mim mesma. Gostar do que eu gosto e não temer por reações contrárias. Decidi ser livre… dos meus medos, das minhas frustrações, dos outros.

Gratidão

Imagem

Gratidão. É um dos poucos sentimentos que não te deixa devastada, caída ou perdida por ai. É um dos poucos sentimentos que te alivia completamente, e te faz agradecer pelos pequenos detalhes que poucas pessoas enxergam.

Todos passam por problemas, é inevitável. Alguns superam sozinhos, outras com o seu amor do lado, e algumas, como eu, tem um anjo para guiar e proteger. Um amigo é como um anjo. E agradeço todo dia por ter você ao meu lado. Um conjunto de tantas qualidades, que nem eu mesma acreditaria que existisse.

É bom olhar para o lado e ter com quem contar. É bom dividir tristezas, alegrias, ou simplesmente momentos esparramados no sofá conversando sobre qualquer coisa a tarde inteira. É bom saber que é amada. É bom ter a certeza que nunca vai estar sozinha. É bom… ter uma melhor amiga.

Você me conhece, sou cheia de duvidas, incertezas e minha cabeça é mais complicada que qualquer equação de matemática. Mas tem uma coisa que eu tenho certeza: Quero sua amizade para sempre. E para sempre não tem fim.