Castanho-claro-quase-verde

Imagem

Quando eu me perco no abismo dos meus pensamentos, sentimentos e dúvidas, eu miro bem no fundo dos seus olhos. O castanho-claro-quase-verde que me salva em meio o furacão de incógnitas me faz esquecer por horas as incertezas mais profundas aqui dentro da minha cabeça.

O poder – ou magnetismo – da paz que você transmite não consigo em nenhum outro lugar. Nem na maior dose de tequila do bar, nem no abraço das minhas amigas, nem horas ouvindo minha banda favorita. Só com você. Seu abraço, seu beijo, seu corpo, seu amor.

Consigo imaginar você do meu lado sempre. Dormindo de conchinha enquanto o mundo desaba janela a fora e nosso pedacinho de paz cria uma muralha em volta de qualquer energia negativa. Consigo imaginar, fechando meus olhos, a sua respiração calma e mansa do seu sono do meu lado, e sorrio discretamente agradecendo por ter você.