Espelho

mesma coisa

Sempre fui fiel a uma filosofia de que devemos tratar as pessoas do mesmo jeito que elas me tratam. Seja no lado positivo e negativo.

É claro que deve haver um jogo de cintura, e de classe – Em primeiro lugar -, mas o princípio é o mesmo. Parece clichê, mas depois que comecei a escrever no blog, comecei a perceber como as vezes – ou quase sempre – deixamos de nos defender para sermos educados, e acabamos ficando de capacho de alguém. Não sei se isso serve para todo mundo, mas essa afirmação cai como uma luva para mim.

Diferentemente de que você possa pensar, eu não digo daquelas grandes ações, como uma tirada brusca, um soco ou um tapa. Eu me refiro aos detalhes, de ironias, de exibição de algum bem, ou uma gabação por algo ou alguém. Essas pequenas atitudes que são difíceis de lidar, por serem tão pequenas, e que a longo prazo tornam desgastantes.

É difícil assimilar que ás vezes quem nós criamos um vínculo não tem o mesmo laço. É difícil assimilar mais ainda que as pessoas conseguem ser tão dissimuladas e usar da nosso sentimento para nos ferir…

2 comentários em “Espelho”

Deixe sua opinião :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s