Oi…

Imagem
… Talvez eu seja uma covarde, mas escrever essas palavras para você é muito mais simples do que olhar em seus olhos e tentar abrir meu coração.

Nesses últimos anos eu tinha alguém que possuía meu coração, e fazia o que bem queria com ele. Nesses últimos anos, aprendi o que é ouvir uma música da Taylor Swift e lembrar de você. Assistir uma comédia romântica e pensar um jeito de aquele enredo se adaptar ao nosso. Soube o que é ver um casal apaixonado, e querer você aqui do lado. O que é estar no frio, querendo seu corpo junto ao meu para me aquecer.

Sabe o que mais eu descobri? Que decepção não tem significado. É muito difícil tentar definir. Não tem forma, cheiro, gosto. É um vazio no peito, uma dor incessável no coração, e sua consciência martelando duas palavras: Eu avisei.

Mas se você quer saber, eu não me arrependo. Acredito quando dizem que há males que vem para o bem. E essa desgraça que você causou em mim, diferentemente do que você pensa, não me deixou caída. Talvez por algum tempo. Mas não mais. Agradeço a todas as mentiras, beijos sem sentimentos, declarações falsas, e até as lágrimas caídas. Tudo tem sua primeira vez, e aqui foi a minha de me iludir com um cara.

E eu não sinto pena por você perder alguém como eu…Não sou nenhuma top model, nenhuma musa, mas eu era sincera e gostava de você. Do que eu sinto pena é de que você não é homem o bastante para lidar com seus problemas, de você ser apenas um menininho mimado que não merece nenhuma mulher por ai.

Deixe sua opinião :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s