Culpa

É, aquele idiota, conjunto de defeitos em uma pessoa só. Só defeitos. E você gosta dele e se culpa por isso. Depois de tudo que ele fez, mentiu, traiu, e mesmo assim seu coração ainda bate mais forte na hora que aparece, as borboletas no estômago. Lá vem ele, com a cara de cachorro pidão com a desculpa esfarrapada por mais uma traição e a sua aceitação.

E aí bate a culpa. A pior parte do seu ser começa te bater mentalmente dizendo que ele não faria isso se uma ação fosse diferente. Se permitisse coisas que não permitiu. Se corresse menos atrás. Se você fosse menos… você.

Alguns desses pensamentos já fizeram parte de suas tristezas? Então pare! “Idiota não é quem acredita, idiota é quem mente”! Para você conseguir passar por cima de qualquer situação como essa,  e supera-la, a aceitação de que não acontece devido a você é fundamental. E se livra logo desse cara. Comece a pensar que é muuuuuuito melhor estar sozinha do que mal acompanhada. Seja livre de novo. Consiga controlar suas próprias atitudes, antes que elas controlem você. Ame-se!

Deixe sua opinião :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s