Reciprocidade

Imagem

Alô… Te acordei? Acho que não. Você faz faculdade a noite e sempre quando chega do seu curso fica nas redes sociais a toa, fazendo sabe-se lá o quê. Minha barriga tá doendo de tanto nervoso e essa ansiedade tá me matando. Porque eu to dizendo isso? Sei que não deveria estar te ligando, eu sei disso. Mas, depois de uns cinco meses com algumas dúvidas na cabeça, resolvi sana-las. Queria saber a história de vocês e o que aconteceu depois de… tudo. Queria saber porque uma amizade pode se desfazer assim. E porque eu amava nossa amizade. Justo eu, tão descrente com qualquer pessoa. Isso não acontecia com você. Acho que era – é – o poder do seu abraço, seus braços me protegendo de tudo. e de todos. Mas eu vi que me enganei. O tempo passou, e essa passagem fez que levasse embora junto todo o sentimento, amizade e confiança que você tinha por mim. Ou isso era teatro também? Queria poder te falar tudo, tudo, mesmo. E não é medo da sua reação ou coisa do tipo. É falta de coragem. Acho que você sabe do meu problema de colocar os sentimentos para fora. Digo, boca a fora. Porque quando eu escrevo fico madrugadas, e manhãs e tardes e noites desenvolvimento meus dramas pessoais ou alheios que imagino que aconteçam. Mas… das milhões de perguntas que eu tenho para te fazer, apenas uma resolveria o problema: A saudade é recíproca?

Deixe sua opinião :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s