Tô com canal no Youtube!

Sim! Ainda tô começando, a qualidade não é lá essas coisas – eu tenho um abismo de coisas para melhorar, eu sei – mas eu tô amando demais fazer vídeos – principalmente os de stop motion. É a coisa mais prazerosa do mundo produzir, executar as ideias, desenhar, procurar as trilhas sonoras e depois ver o trabalho prontinho lá no Youtube! Espero que vocês gostem. Se não gostarem, falem que gostou ok? Dá um trabalhão fazer. Brincadeira! Hahahaha

Atualidades pelo YouTube…

Conheci o canal do Yuri Grecco, o “Eu Ateu”. Apesar do nome, o canal discute e apresenta vários argumentos sobre diversos temas da atualidade e que ajudam muito a informação. É bem parecido e no mesmo gênero de outro que eu já falei no blog, o do Clarion. Confiram:

Um canal para animar a semana

O Blake Grigsby é aquele cara que só de olhar dá vontade de rir. Ele tem um jeito meio cômico e ainda é sarcástico. Como não amar? Hahaha. Os seus vídeos são de pegadinhas, ou algo do tipo. Impossível não rir. Apesar de ser em inglês, os vídeos possuem poucas falas e não perde a graça. Ele tem dois canais (?), então selecionei o melhor dos dois. Confiram:

A visão brasileira sobre os EUA

Parei nos vídeos da Julia Jolie e adorei o jeito que ela explica e fala sobre a vida lá na gringa. Ela faz faculdade na uPenn (Como não lembrar da Spencer? <3), e conta um pouquinho como é sua vida lá, os hábitos das pessoas e sua vida na faculdade. É bem legal saber um pouco da cultura americana pela visão de uma brasileira, sem contar que ela uma fofa e explica tudo super bem. Ah, e para quem curte dar risada, ela faz alguns questionários com os nativos de lá perguntando sobre o Brasil… Como qual língua nós falamos, qual a capital brasileira, em que continente estamos situados. Algumas respostas me dão uma certa vergonha alheia, hahaha.

“Orgulho e Preconceito” de uma forma inédita

Impossível não conhecer a obra Orgulho e preconceito da britânica Jane Austen. A história mostra a maneira com que a personagem Elizabeth Bennet lida com os problemas relacionados à educação, cultura, moral e casamento na sociedade aristocrática do início do século XIX, na Inglaterra. Elizabeth é a segunda de 5 filhas de um proprietário rural na cidade fictícia de Meryton, em Hertfordshire, não muito longe de Londres. Apesar de ser uma obra de 1813, ela é muito atual. Foi exatamente isso que fez a talentosa Ashley Clements recriar a obra no formato de vlogs curtinhos de 3 minutos. São 100 episódios que você assiste num dia e fica apaixonada. É MUITO divertido, sem contar que imerge totalmente em um dos clássicos da literatura mundial! 

O talentoso Seikou Yamoka

Quando eu descobri esses vídeos no Youtube fiquei BEM impressionada com o talento do cara. O Seikou Yamaoka utiliza de um aplicativo por iPad (pasmem!) chamado  ArtStudio, que é próprio para artistas terem suas criações mais facilitadas. Ele reproduz com seus dedos obras incríveis, como “Girl with a Pearl Earring”. Pasmem: