Hipocrisia

hipocrisia 2

Tudo nunca pareceu fazer mais sentido. Consegui decifrar os versos do Fernando, do Carlos e da Cora. Imergi em canções que antes só escutava pelo fato de gostar do ritmo. Subitamente, me pegava sorrindo por alguns dos inúmeros momentos vividos e morria de nostalgia. Reconheci como age a impulsividade de um sentimento intenso e o grau de dificuldade que é controla-la.

Assumindo toda essa culpa e os julgamentos precipitados, ainda não que eu aprecio o fato do meu coração falar tão alto – eu odeio, aliás – mas ele é perspicaz, e numa rapidez inexplicável, sobressai a razão que eu julgava ser tão inabalável. Esse necessidade repentina de alguém a todo momento me faz querer vomitar.

Tudo parece ser tão coerente agora que os julgamentos errados que tanto sentenciei bridam meu arrependimento.

 

Deixe sua opinião :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s