Platônico

platonico

Tenho uma epifania cada vez que encontro seus olhos. Tento agir normalmente mas o magnetismo me embriaga com desejos que percorrem cada centímetro do meu corpo, pulsando pela necessidade de te experimentar.

Seria tal desejo esse desenrolado em algumas linhas ou em parágrafo por completo (ou vários deles)?

Talvez eu não seja lá tão errônea por ser parasita desse  fascínio todo e talvez esse erro-não-assumido-mas-que-é-sim-um-erro seja efêmero. Não tenho ambições por um nós, apenas tenho o desejo de te humanizar e buscar uma maneira de te compreender por minimidades que eu exploraria.

E no final de algo que nem sequer começou, era só alguém poetizado pelos meus devaneios.

Deixe sua opinião :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s