Encontros de Interrogação

encontros de interrogacao

Vivem me dizendo que sonhamos o que queremos que fosse verdade. Talvez seja mesmo verdade… Isso aconteceu hoje, sabe? Pude olhar nos seus olhos, pude te tocar, te sentir, te ver. Pude ouvir a exatidão da sua voz, do seu riso, do seu abraço. Pude relembrar esse passado tão presente no meu presente. Queria fazer uma pausa e transferir tudo isso para todo o futuro que esteja escrito pra mim.

Seria isso possível? Viver de sonhos?

Me pergunto em quanto tempo vou te reencontrar. Com aquele atual estranho e ex paixão platônica demorou quatro anos. Parece que não tenho todo esse tempo. Ou sei lá. Seja só meu coração sendo ansioso para bater mais rápido quando eu te ver de longe entrando. Acho que ele sente saudade disso. Faz tanto tempo que eu nem consigo lembrar dessa a situação por inteiro. Só quando eu te ouço no telefone e enquanto ele chama minha perna vira gelatina. São tantas histórias, tantas palavras confidenciadas, tantos erros… estúpidos erros… tantos pontos finais substituídos por reticencias que eu nem sei quando essa história vai acabar de vez. Ou já acabou?

São tantas perguntas… você tem as respostas?

Acho que tudo depende de você. Ou nós? Acho que você tem o poder do ponto final. E das reticencias também. Temos tantas histórias para rir, confidenciar, emocionar e viver que eu prometo que vai valer a pena. Prometo me esforçar para passar no vestibular e morar na mesma cidade. Essa distancia, né? O que seria de nós sem o interurbano? O que seria de nós sem madrugadas frias, chuvosas, vozes embriagadas e confiança? O que seria do nós sem eu e você? O que seria de nós sem aquela amiga em comum?

Esse tal de destino existe mesmo?

Como te achei, como nos achamos… Mera página do Orkut, mero amigos em comuns e simplesmente nos conhecemos. Se eu não estivesse online e você não estivesse online não existiria nós. Coisa de momento e eu ainda não acredito em destino, mas acredito em nós.

Confuso, não?

Como nós. Tantos nós, e tantos nós e em meio a isso a meada mal começou. Começo, meio e final. Em qual etapa estamos? Acho que já ultrapassamos isso.

Deixe sua opinião :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s