Dez minutos

dez minutos 2

Dez minutos a mais dormindo lhe rendeu um atraso para seu curso de teatro. Dez minutos lhe rendeu que o próximo metrô saísse e só chegasse cinco minutos depois. Dez minutos lhe custaram sair atropelando e derramando em um sujeito seu chá gelado. Que lhe rendeu um pedido de desculpas. E uma conversa. Que lhe rendeu uma companhia no metrô que já estava saindo. E papos surpreendentemente interessantes. E gostos magneticamente parecidos. Que lhe rendeu uma troca de olhares, sorrisos e telefone. Que lhe rendeu um encontro. Um beijo e uma paixão. Que lhe rendeu um namorado, e que por sua vez fez o amor surgir. Dez minutos atrasada. Que lhe custou um desencontro perfeitamente simétrico.

4 comentários em “Dez minutos”

    1. Hahaha sempre pensei nessas coisas! As vezes estar atrasado ou ir em algum lugar não habitual pode gerar bons momentos. Não necessariamente relacionado com amor, apenas com bons momentos e bons amigos! Obrigado pelo texto e pelo comentário! Bjos bjos <3

Deixe sua opinião :)

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s